COMO TORNAR UM CULTO DINÂMICO?


Outro dia um Pastor me dirigiu a seguinte pergunta: O que fazer para tornar o culto mais atrativo? A sua pergunta me intrigou até porque na minha concepção todo culto deveria por sua natureza ser atrativo, é difícil imaginar uma pessoa saindo de sua casa após um longo dia de trabalho e se dirigir a uma igreja e sair do mesmo modo que entrou ou às vezes ainda pior.

Nas minhas andanças já vi muitas coisas, conheci um Pastor que suas pregações eram verdadeiros praguejamento aos membros que não lessem sua cartilha, isso mesmo que eu quis dizer, sua cartilha. Já vi pastores sem nenhuma base bíblica teológica distorcer trechos da bíblia a ponto de me enojar e preferir sair para não ter que sofrer uma convulsão ou sei lá o que. Tenho falado muito sobre um novo conceito teológico que se chama “Teologia das conveniências”, ou seja, eu prego o que me convém e ponto final.

Mas o surpreendente é que a fome espiritual do povo é tão grande que suas necessidades os levam aos templos a fim de ouvir uma palavra que possa aliviá-los dos sofrimentos diários que a vida impõe e quando isso não acontece o “doente“ sai mais enfermo ainda e o pior de tudo é que muitas vezes desistem de procurar outra igreja, por considerá-las todas iguais, e se arrisca em buscar respostas às suas indagações, alivio ao sofrimento em outras fontes que a princípio são perfeitas, mas conduz a alma do ser humano à condenação eterna.

Numa ocasião conversando com meu filho mais velho disse-lhe que considero ideal que as igrejas reúnam seus membros apenas nos dias de sexta-feira, sábado e domingo e que os demais dias sejam destinados a outras atividades de integração, tais como encontros familiares, células, ensino teológico, ação social, ensino musical, etc…, desse modo as pessoas que dispõe de tempo poderiam ser usadas como líderes nessas atividades complementares que resultariam na conversão de mais almas que é a nossa principal missão.

Outra decisão seria abolir o que algumas igrejas insistentemente chamam de culto de “DOUTRINA”, mas na verdade pouco se aprende porque o pregador não possui conhecimentos bíblicos e seculares suficientes e acaba ensinando a sua doutrina. É por isso que a Bíblia fala sobre diversidade de dons e ministérios, nem todo Pastor de Igreja tem o dom para ensinar e quando isso ocorre precisa ter humildade suficiente para dar espaço aos possuidores do dom e talento para ensinar e se ocupar em pastorear o rebanho de fato. O duro é admitir que não sabe ensinar e o pior é quando o Pastor se acha polivalente e decide fazer tudo sozinho, ele se torna secretário, tesoureiro, professor,etc… e quando se vê sozinho ainda diz que o povo é rebelde não lhe obedece (hahahahahaha). Meu Deus quanta ingenuidade e ignorância! Quem sofre com tudo isso é o evangelho quando somos chamados de gentinha, ignorantes, etc… e somos obrigados a aceitar essa cruel realidade.

Estamos vivendo numa geração onde o conhecimento se transmite numa velocidade nunca imaginada antes na história da humanidade. A nova geração de cristãos é formada por pessoas que possuem senso crítico aguçado e acesso as informações em tempo real, já não é possível pregar ou ensinar sem antes consultar a raiz semântica da palavra chave que queremos transmitir. O uso de instrumentos tecnológicos é necessário atualmente. As mensagens precisam ser atuais. Não basta ler um texto, sem analisar seu contexto, sem uma análise histórica do autor sagrado, sem conhecer a realidade sociológica em que viviam os personagens citados.

Tornar um culto dinâmico depende da oração primeiramente. Eu acredito que todo culto que esteja sob a oração constante da igreja e líderes torna-se abençoado. Algumas igrejas gastam tanto tempo falando sobre coisas de menor importância e se esquecem de orar pelos enfermos, necessitados, aniversariantes, etc… ou deixam tudo para o final do culto e fazem uma oração relâmpago em razão das horas;

Depende do modo como o líder enxerga sua realidade (o mundo ao seu redor) é necessário que ele esteja informado sobre mudanças culturais, sociais, econômicas, etc…Não é possível ouvir lideres que apregoam sobre costumes regionais e querem impor a congregação, lembrem-se que o evangelho e a graça de Cristo é transcultural e para todos os povos, ou seja, cada um na sua, não queira mudar as pessoas de acordo com seus conceitos, mas permitam-lhes mudar de acordo com a natureza de Cristo;

O líder precisa ter humildade para descobrir seu dom e se não tiver capacidade para ensinar ou pregar, seja apenas um bom administrador, foi esse o conselho do senhor da fazenda ao servo infiel, se não sabes granjear seu talento então dê a outro para que faça. Tem líder que não sabe cantar, mas insiste em ser ministro de louvor em sua igreja enquanto os músicos o assistem, outros resolvem cuidar das finanças como se a receita da igreja fosse sua e não deixam que os tesoureiros façam seu papel, enfim são tantos exemplos que é humanamente impossível numerá-los;

Use ferramentas educacionais que prendam a atenção dos ouvintes, estude pedagogia, andragogia, psicologia comportamental, liderança, etc…. (não me refiro fazer curso de graduação, mas conhecer esses conceitos). Por que será que as mensagens de Spurgeon até hoje surtem efeitos extraordinários quando lidas? Utilize filmes de curta duração, slides, ilustrações, dinâmicas teatrais e de integração, etc…

Use a tecnologia como instrumento auxiliar para pregar, ensinar e louvar, como afirmei acima tenha a sua disposição um projetor de slides ou projetor multimídia, durante o canto congregacional ou momento de louvor dê a oportunidade para que o público participe cantando expondo as letras num painel, o mesmo vale para algumas pregações.

Por hoje é só, escrever sobre esse tema é tão complexo quanto escrever uma tese, mas espero ter contribuído com seu ministério com essas dicas.

Deus te abençoe.

About these ads

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s